Saltar para o conteúdo

Picking o que é e como se faz?

Como picking define-se o processo de preparação de pedidos na unidade de armazém e abarca desde a recolha no armazém dos distintos produtos que formam parte de um pedido até à preparação e acondicionamento dinal para o seu envio e transporte.

O picking é um processo fundamental em qualquer empresa de logística ou armazém. A optimização e rendimento deste processo depende em grande medida da produtividade do armazém.

Como se realiza o picking?

No picking o primeiro passo é a recolha dos produtos das estantes; Isso pode realizar-se de varias formas:

  1. Pela deslocação dos operarios ao produto, que vão recolhendo em empilhadores os elementos do pedido.
  2. Por meios automatizados em que o produto recolhe-se automáticamente e se leva até ao operário que prepara o pedido final nas mesas de picking.
  3. Combinações de ambos. Por exemplo recolha automatizada desde as estantes manual desde a cabeceira do passadiço de armazenágem.

Dependendo das dimenções e caraterísticas dos produtos que distribui um almacén, o processo de picking pode implicar o uso de maquinas específicas (elevadores de carga, empilhadores, montacargas, plataformas elevatórias, etc.) assim como de instalações e estruturas para o movimento de mercadorias (transportadores de banda, transportadores de rolos, etc.).

O picking pode supor um elevado custo no tempo e mão de obra se não se faz uma adequada planificação deste processo. Para que o picking seja eficiente é fundamental:

  • La correta organização do armazém.
  • Un controlo exato das suas existencias e da localização dos produtos nas estantes (gestão de inventário).

Uma planificação das recolhas que devem realizar os operarios ou máquinas. Para que isso se consiga é fundamental contar con o correto etiquetado de  produtos como a sua localização. Isso se realiza mediante leitores de códigos de barras manuais ou incorporados nos sistemas automatizados mecanicos ou mediante métodos mais avançados de geolocalização. Todos estes dados Deve ser atualizado e integrado ao software de gerenciamento de armazém, isso permitirá o planejamento das rotas mais eficientes para o picking.

Última etapa do processo: as tabelas de picking

Como último ponto do processo de picking, temos as tabelas de picking de pedidos ou as tabelas de picking. Uma vez que todos os produtos ou unidades que devem ir em um pedido são montados, a preparação final e a embalagem para sua remessa ou transporte são realizadas. As mesas de picking, apesar de poderem ter uma estrutura geral, são projetadas e fabricadas especificamente para as necessidades de cada tipo de empresa e permitem múltiplas opções de personalização (dimensões, altura, espaços, escala, etc.). Consistem em trabalhos onde o operador pode eficientemente e com máxima ergonomia, todo o processo de embalagem e preparação final da encomenda. Eles têm várias estruturas de acessórios que permitem acessar facilmente as caixas de embalagem, fitas de vedação, etiquetas, material de proteção para o pedido, etc.

Depois de preparada e embalada, a ordem termina o processo de picking e a mercadoria estará pronta para distribuição.

Compartir:
Otras entradas: